Curso de Reiki Nível 1 – Matosinhos, 6 de Maio 2018

Nunca foi tão importante aprender Reiki como agora! Porque…

  • Com o Reiki aprendemos a manter um estado calmo e relaxado.
  • Com o Reiki aprendemos a manter uma mente focada e disciplinada.
  • Com o Reiki aprendemos a lidar com o Stress e a pressão do dia-a-dia para manter uma atitude positiva.
  • Com o Reiki aprendemos a manter o nosso equilíbrio energético e a lidar com aquilo que não se vê, só se sente
  • Com o Reiki aprendemos que podemos libertar, perdoar e curar as feridas do passado e as ansiedades do futuro para viver em felicidade no momento presente.

Por isso é importante que aprendas REIKI agora ! Dia 6 de Maio em Matosinhos, espero por ti.

O QUE É O REIKI:

O Reiki é um método de cura que teve origem no Japão com Mikao Usui, o seu fundador. No Reiki usamos as mãos para dirigir a energia para o nosso corpo ou para o corpo de outra pessoa. Aprendemos como a usar a energia universal para curar, ser feliz e fazer os outros felizes também.

Por ser fácil de aprender e acessível a todas as pessoas, este método, é praticado em todo o mundo por milhões de pessoas. E é a sua eficácia e simplicidade que faz com que seja usado em muitos hospitais por profissionais de saúde no alívio da dor crónica e outros sintomas como ansiedade, depressão, insónias, stress, burnout, etc.

Neste curso, usando uma linguagem clara e sem misticismos, vamos esclarecer o que é o Reiki, como funciona e em quem pode ser usado. O seu fundador Mikao Usui definiu Reiki como a Arte de Convidar a Felicidade.

LOCAL, DATA, HORÁRIO:

  • High Performance Surf Studio
  • Centro Comercial Atlântico, Loja 201
  • Avenida da República 181, Matosinhos
  • Domingo, 6 de Maio das 09:00 às 18:00

O CURSO INCLUÍ:

  • Manual e Certificado de Participação
  • Permite o acesso ao Nível 2
  • Acompanhamento Pós-Curso
  • Acesso à Prática Reiki Ativo e Grupo de Partilha de Reiki

VESTUÁRIO E ACESSÓRIOS, O QUE USAR:

  • Usar roupas confortáveis e de tons claros
  • Trazer uma manta e meias quentes, caso o tempo o exija
  • Caneta e bloco de notas

NÍVEL 1 – CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS

  • A Essência do Reiki; Características e Benefícios do Reiki; Estrutura do Reiki; Os Cinco Princípios de Reiki por Mikao Usui; Lendas e Factos sobre o Reiki; Aplicações e Efeitos do Reiki; Ética, Crenças e Autoconhecimento; Orientações Básicas para Aplicação de Reiki; Anatomia Energética – Os Chacras; 1º Símbolo de Reiki; , Os 21 Dias de Limpeza, Purificação e Crises de Cura; Técnicas Japonesas Associadas Ao Reiki; Sintonização; Auto-Reiki; Tratamento completo de Reiki.

INFORMAÇÕES E INSCRIÇÕES:

  • Rui Moura – 961 040 539 | ki@kinergia.pt
  • Vagas limitadas a 10 participantes

CONDIÇÕES DE INSCRIÇÃO:

  • O Curso de Reiki Nível 1 tem o valor de 125,00 €
  • O pagamento deverá ser feito por MB ou Home Banking em Pagamento de Serviços com seguintes dados: Entidade: 21 312 – Referência: 125 039 088 – Valor: 125,00 €
  • Para validar a sua inscrição deve enviar email com: nome, email, telemóvel, NIF e o comprovativo de transferência

 

 

 

DESCOBRE O CAMINHO DO CORAÇÃO | Curso Shingon Reiki 1 c/ Mark Hosak em Lisboa, 1 a 3 Julho

DESCOBRE O CAMINHO DO CORAÇÃO COM MARK HOSAK E SHINGON REIKI

KINERGIA | Curso Shingon Reiki 1 c/ Mark Hosak em Lisboa, 1 a 3 Julho

O QUE É O SHINGON REIKI

Shingon Reiki é o estilo de Reiki fundado por Mark Hosak em 2005, depois de mais de 20 anos de intenso estudo, dedicação e pesquisa sobre as origens do Reiki. Neste sistema Mark, combina o Reiki Tradicional de Mikao Usui com os ensinamentos ocidentais e orientais do Budismo Tântrico, Psicologia, Xamanismo e Magia. O Shingon Reiki, pode ser definido como, um regresso às raízes do Reiki, com conhecimentos atualizados e contemporâneos apresentados pela primeira vez no mundo ocidental.

Mark Hosak, estará pela PRIMEIRA VEZ EM PORTUGAL  de 1 a 3 de JULHO, para ensinar o primeiro nível do Shingon Reiki que se pode definir com a continuidade do trabalho de Mikao Usui.

KINERGIA | Curso Shingon Reiki 1 c/ Mark Hosak em Lisboa, 1 a 3 JulhoMark Hosak, nasceu em 1972. É Doutorado em História da Arte Asiática-Oriental e Estudos Japoneses. Especialista (Praticante e Professor) em Caligrafia Japonesa e Artes Marciais Japonesas. É coautor do livro: O Grande Livro dos Símbolos de Reiki (2004); autor do livro: Sete Técnicas Secretas de Reiki (2007) e sua tese de doutoramento na Universidade de Heidelberg: O Siddham na Arte Japonesa nos Rituais de Cura (2015).

Mark Hosak é uma referência internacional e incontornável do mundo do Reiki. Quem não conhece o trabalho de Mark, não conhece verdadeiramente Reiki. Aprender Shingon Reiki é viajar no tempo e conhecer o Reiki em toda a sua essência e profundidade esotérica.

Uma opurtunidade única, reserva a tua vaga agora, apenas 15 lugares disponiveís!

KINERGIA | Curso Shingon Reiki 1 c/ Mark Hosak em Lisboa, 1 a 3 Julho

SHINGON REIKI – NÍVEL 1

O Nível 1 de Shingon Reiki, corresponde ao Nível 1 de Reiki Tradicional de Usui e é também o primeiro passo do Sistema Shingon Reiki. Este sistema, está aberto a todos os que querem aprender e iniciar-se no Reiki, bem como a todos os alunos e Mestres de Reiki de outros sistemas e escolas.

KINERGIA | Curso Shingon Reiki 1 c/ Mark Hosak em Lisboa, 1 a 3 Julho  

CONTEÚDOS DO CURSO SHINGON REIKI NÍVEL 1

  • Introdução ao Reiki de Usui e Shingon Reiki
  • Mikao Usui e a história do Reiki
  • As regras de vida de Mikao Usui como um método secreto para convidar a Felicidade
  • As 4 sintonizações tradicionais para o despertar permanente da energia de Reiki
  • Aplicações de Reiki no corpo inteiro e as suas ligações psicossomáticas
  • Aplicações de Reiki na Aura e nos Chacras
  • 3 variações de equilíbrio e alinhamento de chacras
  • Aplicação na Aura de Reiki Magnético
  • Reiki intuitivo
  • Meditação e Cura de Reiki com o Buda da Medicina e o Bodhisattva da Bliss
  • Aplicações Xamânicas e Mágicas de Reiki dos ensinamentos orientais e ocidentais
    • Purificação
    • Energização
    • Magnetização
    • Consagração
  • Cura à distância pessoal e de outros
  • Cura da Terra com Reiki
  • Despertar a sensibilidade das mãos para a perceção de bloqueios e problemas energéticos

COMO VAI DECORRER O CURSO DURANTE OS 3 DIAS

O Nível 1 de Shingon Reiki tem a duração de 3 dias. Começa na sexta-feira às 19h e terminará no domingo às 17h. Na sexta-feira, o curso tem inicio com uma palestra introdutória sobre o Reiki Tradicional de Usui e o Shingon Reiki, a história do Reiki, a vida e o trabalho do seu fundador Mikao Usui, uma viagem mística no Monte Kurama em fotografia (o lugar de nascimento do Reiki), a meditação, os preceitos de Reiki e o crescimento do Reiki pelo mundo.

No final do dia, será feita a primeira sintonização no método de cura de Reiki. A energia fluirá então livremente em cada participante através das suas mãos e pode ser usada imediatamente para Auto Cura ou na cura de outras pessoas através da imposição das mãos.

No sábado, iremos continuar a aprender o grande método de Reiki e executar aplicações em todo o corpo. Enquanto todos os participantes colocam as mãos nas posições de Reiki, cada uma delas, será explicada no seu contexto energético, psicossomático e metafisico. Toda a informação está incluída no manual do curso, para que possas relaxar e estar envolvido em todas práticas ao máximo sem te preocupares em tirar notas. Serão ensinadas técnicas de sensibilização, perceção e fortalecimento da energia de Reiki (praticadas sem símbolos nas mãos) a partir das Sete Técnicas Secretas de Reiki. Durante o dia existiram ainda mais duas sintonizações na energia de Reiki e a iniciação nos mantras e Siddhams do Buda da Medicina (Yakushi Nyorai 薬師如来) e do Bodisatva da Bliss (Kokûzô Bosatsu 虚空蔵菩薩).

KINERGIA | Curso Shingon Reiki 1 c/ Mark Hosak em Lisboa, 1 a 3 Julho

No domingo iremos praticar a aplicação de Reiki com variações nos tratamentos e nas áreas do corpo. Adicionalmente serão feitas mais duas sintonizações. As aplicações de Reiki incluem em primeiro lugar, aplicação de Reiki na aura e nos chacras com três formas distintas de equilíbrio e alinhamento dos chacras, com o objetivo de resolver os bloqueios energéticos profundamente enraizados. As aplicações magnéticas de Reiki na Aura permitem revitalizar e remover velhas estruturas energéticas que já não têm significado, ficando assim mais fácil dissolver o velho e experimentar o novo.

Outra aplicação que iremos explorar é o Reiki Intuitivo. Esta variação é aplicada para descobrir posições adicionais e novas para nós próprios ou para o nosso paciente, que não se revelam pela simples observação ou abordagem racional à sessão. As conexões maiores serão então percebidas e essas informações podem então ser usadas em consulta.

A experiência mostra que existe uma relação positiva entre as aplicações de Reiki com melhorias significativas ao nível do bem-estar, equilíbrio, harmonia e um nível de consciência e conhecimento cada vez mais elevado de quem aplica, neste cado do praticante/terapeuta de Reiki.

KINERGIA | Curso Shingon Reiki 1 c/ Mark Hosak em Lisboa, 1 a 3 Julho

Mikao Usui era um monge budista e como fundador do Reiki, a meditação no Reiki sempre teve um lugar especial. O Siddham e o Mantra do Buda da Medicina, são meditações de cura realizados através do poder do Buda da Medicina e que podem ser usadas diretamente em aplicações de Reiki

KINERGIA | Curso Shingon Reiki 1 c/ Mark Hosak em Lisboa, 1 a 3 JulhoNo monte Kurama, Mikao Usui meditou durante 21 dias e alcançou a sua visão de Reiki, ele realizou este conhecimento através da prática da meditação do Bodhisattva da Sabedoria e da memória, chamada Gumonji-ho 求 聞 持法. Este é um dos 4 exercícios básicos do budismo tântrico no Japão para se obterem habilidades espirituais e melhorar a capacidade de aprendizagem. Mark afirma, que será de grande beneficio na aprendizagem de Reiki cada um ter a capacidade de fazer esta meditação pelo seu próprio desenvolvimento.

Este curso, termina com a aplicação de técnicas especiais de Reiki Japonês que são praticadas no contexto do Xamanismo e da Magia. Estas práticas envolvem a purificação da energia a partir de objetos externos, cura da terra e cura à distância com o primeiro nível de Shingon Reiki.

MARK HOSAK E A SUA HISTÓRIA DE REIKI

KINERGIA | Curso Shingon Reiki 1 c/ Mark Hosak em Lisboa, 1 a 3 JulhoMark Hosak nasceu a 25 de Abril de 1972. E cedo demonstrou interesse pela espiritualidade e pelo Oriente Asiático. Desde a sua infância que mantém contacto regular com o Japão nos campos da caligrafia e das artes marciais. E no seu 10º ano de escolaridade, começou a aprender japonês

Durante o seu serviço militar em 1993, teve o seu primeiro contacto com o Reiki, quando deu flores a uma senhora de 88 anos de idade e ao fim de 3 meses as flores ainda se mantinham cheias de vigor. Após a questão sobre como é que isto era possível, ela colocou as suas mãos sobre as flores e disse que ele devia conhecer o filho dela que lhe podia explicar tudo.

O filho desta senhora, era um astrofísico reformado da NASA e falou a Mark de um método de cura japonês. Desde o inicio apresentou a Mark, o Reiki numa perspetiva muito cientifica.

Nesse momento Mark pensou que, se apenas cinco porcento daquilo fosse verdade, Reiki era algo que realmente valia apena aprender. Rapidamente tomou parte de um curso de primeiro nível. Inicialmente muito cético, ele experimentou o Reiki em si próprio três vezes por dia e várias vezes por semana nos outros e conseguiu assim resultados extremamente positivos.

Com o desejo profundo de ajudar os outros, começou a rezar no inicio dos tratamentos, a fazer visualizações e respirações de uma certa maneira, porque percebeu que isto aumentava a perceção e força de Reiki nas suas mãos e os seus pacientes melhoravam mais rapidamente. Mas porque o seu professor lhe explicou que estas variações não eram tradicionais, decidiu usa-las secretamente devido aos enormes efeitos em si próprio e nos seus pacientes. O resultado final desta prática pessoal, foi a publicação do seu livro: Sete Técnicas Secretas de Reiki em 2007. Hoje estas técnicas fazem parte do 1º Nível de Shingon Reiki.

O seu primeiro professor de Reiki encorajou Mark a estudar caligrafia e apoiando-se nos conhecimentos de Mark sobre o Japão, deu-lhe algumas tarefas para cumprir e assim começou com a investigação sobre Reiki.

Na Universidade de Heidelberg, Mark estudou História da Arte Asiática e Estudos Japoneses e especializou-se em Arte Budista, Arquitetura e Rituais. Para conseguir desenvolver a sua exploração do Japão, recebeu duas bolsas escolares, uma do governo alemão através do DAAD (Serviço Alemão de Intercambio Académico) e depois uma segunda bolsa concedida pelo Rotary Club International, períodos aos quais, ainda somou mais três anos como aluno de investigação na Universidade de Kyoto no Japão.

No Japão descobriu a origem do símbolo de cura mental num templo budista e desde então direcionou a sua pesquisa nesse sentido. O seu professor japonês, recomendou-lhe a consagração como monge para receber o treino apropriado para poder participar nos rituais nos templos e na peregrinação budista com 1200 anos de história chamada: os 88 templos de Shikoku. Durante a peregrinação, ele teve uma experiencia espiritual que levou a que a sua vida tomasse a direção que o trouxe até este caminho: durante a madrugada, Mark, perdeu-se na floresta e encontrou uma escultura do Monge Kukai, o fundador da peregrinação. É dito que, Kukai, acompanha, protege e orienta todos os peregrinos durante a sua viagem. Neste preciso momento, e através do contacto à distância com Reiki, Mark, teve a ideia de falar com o monge Kukai e pedir-lhe orientação e conselhos com a questão: Qual é o caminho? Para onde devo ir?… a resposta chegou: – Segue o caminho do teu coração! – Contudo não era esta a resposta que Mark esperava ouvir, porque ele esperava mesmo a descrição de um caminho para continuar a peregrinação, uma vez que se tinha perdido. Na questão: Qual é o caminho do coração? Kukai respondeu: – Vais descobrir se continuares esta viagem comigo”. Depois a imagem desapareceu e Mark ficou na escuridão em frente à escultura. Durante toda a peregrinação, ficou claro para ele, que o caminho coração é o Reiki e a exploração das suas origens.

KINERGIA | Curso Shingon Reiki 1 c/ Mark Hosak em Lisboa, 1 a 3 Julho

De volta à Alemanha, escreveu a sua tese de mestrado sobre o Siddham Hrih como a origem do símbolo de cura mental. Seguido de mais de 10 anos de trabalho na sua tese de doutoramento no tópico: O Siddham na arte japonesa nos rituais de cura. E em 2015, na Universidade de Heidelberg completa o seu Doutoramento com distinção e louvor.

Mark Hosak completou o grau de Mestre em vários estilos de Reiki. Embora tenha notado que alguns estilos estão mais próximos do Reiki tradicional e outros significativamente distantes. Em 2005 pensou em criar um nome que unificasse todos os seus conhecimentos e visão de ensino e pesquisa do Reiki, e o nome foi Shingon Reiki. Como nunca foi a sua intenção criar um novo estilo de Reiki ele manteve esta ideia em suspenso durante bastantes anos, até que em 2014, os seus alunos o convenceram a ensinar Shingon Reiki até aos níveis de Mestria. Apenas as linhagens de Reiki, em termos de conteúdo, energética e profissionalmente que remontam até Mikao Usui pertencem ao Shingon Reiki. Estas linhagens são as de: Takata Reiki, Reidô Reiki e Gendai Reiki.

Até aos dias de hoje, Mark, continua a traduzir textos japoneses sobre Reiki, e a investigar mais profundamente sobre as origens e fontes do Reiki enquanto dirige o Instituto Shingon, onde ensina Reiki, Meditação, Magia, Xamanismo e Artes Marcias Espirituais. Ainda que todos estes assuntos pareçam pertencer a campos distintos, eles fazem parte do método de cura do Reiki, e isto foi recentemente descoberto com a novas traduções de textos antigos.

É um objetivo de Mark, ensinar Reiki de uma forma simples e compreensível e ajudar a espalhar a Arte de Convidar a Felicidade por todo o mundo. Pois esta é a mensagem inscrita na pedra memorial da sepultura de Mikao Usui no templo de Saihoji no Japão.

PROGRAMA

SEXTA, 1 JULHO
  • 14h – 17h – Consultas individuais de Reiki com Mark Hosak
  • 19h – 21h – Palestra com Mark Hosak – aberto ao público: Shingon Reiki – A cura no Budismo Esotérico e a Jornada Mística no Monte Kurama (apresentação com fotos originais de Mark Hosak)
  • 19h – 23h – Curso Shingon Reiki – Dia 1
SÁBADO, 2 JULHO
  • 10h – 18h – Curso Shingon Reiki – Dia 2
DOMINGO, 3 JULHO
  • 9h – 17h – Curso Shingon Reiki – Dia 3

 

INFORMAÇÕES GERAIS:

LOCAL

Lisboa – Centro Espiral – Praça ilha do Faial, 100-168 Lisboa

VAGAS

Limitado a 15 Participantes

VALOR CURSO

290€ (até 16 junho, depois desta data acresce 20%, inscrição obrigatória, pagamento por transferência)

VALOR PALESTRA

10€ (inscrição obrigatória, pagamento no local)

VALOR CONSULTAS

80€ (inscrição obrigatória, pagamento por transferência)

INSCRIÇÃO CURSO

Pré-inscrição 55€ (pagamento por transferência, o restante valor tem de ser liquidado até 16 Junho, as inscrições são efetivas por ordem de pagamento do valor total)

DATA LIMITE

Podes fazer uma pré-inscrição de 55€ e liquidar o restante valor até dia 16 Junho. Todas as Inscrições e pagamentos restantes a partir de 17 Junho têm um acréscimo de 20%. As inscrições são efetivas por ordem de pagamento do valor total

PAGAMENTO

Transferência para o NIB: 0036.0070.99100103855.45

TRADUÇÃO

O curso será dado em inglês com tradução para português

ALIMENTAÇÃO

Os coffee-breaks estão incluídos durante o curso. Na pausa para o almoço será possível almoçar no Restaurante do Centro Espiral (não incluído no valor do Curso).

ALOJAMENTO

Se necessário entrar em contacto para sugerir algumas hipóteses de alojamento

DEVOLUÇÕES

Não serão feitas devoluções de valores pagos pelos participantes em caso de desistência ou não comparência ao curso ou consultas

INSCRIÇÕES INFORMAÇÕES

Rui Moura: ki@kinergia.pt | 961 040 539

 

SABER MAIS SOBRE MARK HOSAK

KINERGIA | Curso Shingon Reiki 1 c/ Mark Hosak em Lisboa, 1 a 3 Julho

3 venenos que consumimos diariamente

www.kinergia.pt ki@kinergia.pt 961 040 539 kinergia‬ rui moura‬ ‪‎terapeuta‬ ‎formador‬ ‎coach‬ reiki‬ ‪‎shiatsu‬ ‪‎yoga tibetano‬ ‪‎coaching ‪‎terapia‬ ‪‎formação‬ ‪‎retiros‬ ‪‎empresas ‪‎lisboa‬ ‪‎carcavelos‬ ‪‎linda-a-velha‬ ‪‎matosinhos‬ dor‬ ‪‎lesões‬ ‪‎tratamento‬ ‪‎recuperação‬ ‪‎stress‬ ‪‎ansiedade‬ ‪‎insónia‬ ‪‎depressão ‬‪‎orientação‬ ‪‎sentido‬ desenvolvimento pessoal energia resultados performance felicidade

Unir o céu e a terra é uma metáfora comum na espiritualidade e desenvolvimento pessoal, para levar as pessoas a entender que a vida não é só trabalho ou uma luta desenfreada para atingir todos os objetivos a que nos propomos. Objetivos esses, que supostamente nos irão levar a uma felicidade permanente.

É um pensamento comum, achar que se pode fazer uma coisa uma vez na vida e já está. Basta tirar um curso, conseguir um emprego, conseguir a relação, ter o filho, perder peso e tantas outras coisas, apenas uma vez., para nunca mais ter de voltar a pensar nisso. Done, Check, Finito, é meu, já está, já fiz!

Pensamos na vida de forma fixa e imutável. Encaramos todas as suas dimensões, como uma espécie de construção Lego com peças que vêm dentro de uma caixinha, que vamos tendo mais ou menos dificuldade em montar. Mas no momento em que as conseguimos montar, no momento em que tivermos aquilo que queremos, aquilo que desejamos, aí sim. Aí seremos felizes. Grande ilusão, este desejo de que a vida fique resolvida de forma permanente para nunca mais sofrer.

Isto é o 1º VENENO – A IGNORÂNCIA DA IMPERMANÊNCIA.

É comum também, ver o sofrimento daqueles que têm os seus planos de vida completamente alterados, porque na sua caixa de legos existem peças que não encaixam, peças que faltam, peças que vão chegar e partir contra sua vontade. E peças ainda, que vão ter de remediar, meias tortas, pouco dignas da nossa pessoa, pensamos nós.

Aquilo que queremos, raramente é aquilo que precisamos!

Quando aquilo que eu quero, é diferente daquilo que o mundo me oferece, eu sofro. É como se dois planos distintos entrassem em fricção e se criasse uma resistência entre eles. Esta resistência, representa tudo aquilo que eu não quero, representa tudo aquilo que vem e contraria a minha expectativa.

E a forte emoção que sinto neste momento, no momento em que estes dois planos se opõem violentamente, esta emoção, envenena e polui, a minha mente.

Isto é o 2º VENENO – A RAIVA.

Sem entender a impermanência (salvaguardando a arrogância da expressão), criamos constantemente a ilusão de que as coisas são fixas. O medo de perder, leva-nos a agarrar tudo aquilo que acreditamos ser a fonte desse prazer. Não compreendemos que a fonte de amor é interna e que não podemos agarrar fora aquilo que só existe dentro. Não conseguimos perceber que tudo aquilo a que nos agarramos, também nos agarra. Tudo aquilo que seguramos, também nos prende. O meu apego é a minha prisão. Tudo aquilo que me define, também me limita.

Isto é o 3º VENENO – O APÊGO

Uma das coisas mais difíceis que tive de fazer na vida, foi olhar ao espelho e reconhecer todas as minhas limitações, condicionamentos e imperfeições. E aceitar a minha ignorância que degenera na arrogância de achar que sei, e impede a humilde, do não saber.

Aceitar que a raiva existe em mim e me cegou e continua a cegar quando as causas e condições se reúnem. E com ela causei e posso voltar a causar sofrimento para mim e para quem me rodeia. Aceitar que o meu apego está lá em todas as coisas que eu acho que possuo. E é este mesmo apego que me torna ciumento e possessivo.

Não sei qual é o melhor caminho ou o método para transcender estes venenos, até porque a verdade é relativa. Apenas sei que a primeira coisa que temos de fazer, é aceitar que temos estes venenos dentro de nós. Apenas sei, que não podemos transcender aquilo que não conhecemos.

RUI MOURA | terapeuta ● formador ● coach

Sou fundador e diretor do KINERGIA. A minha formação académica começa com Desporto, seguido de Gestão Comercial e posteriormente evoluiu para a área Terapêutica com o Reiki, Shiatsu, Medicina Chinesa, Coaching e Filosofia Budista. Sou um espiritual prático, cheio de defeitos e com a bênção de poder fazer aquilo amo… cuidar de pessoas, aliviar a dor e vê-las sorrir.

AGENDA KINERGIA

DATA EVENTO LOCAL
14 MAI
15 MAI
CURSO REIKI NÍVEL 2 – OKUDEN
c/ Rui Moura
MATOSINHOS
Yoga Project Porto
15 MAI PARTILHA DE REIKI
c/ Alunos de Reiki
MATOSINHOS
Yoga Project Porto
18 MAI PALESTRA
Reiki, A Arte de convidar a Felicidade
LISBOA
Lisboa Racket Club
21 MAI CURSO REIKI NÍVEL 1 – SHODEN
c/ Rui Moura
LISBOA
Lisboa Racket Club
02 JUN PALESTRA
Reiki, A Arte de convidar a Felicidade
CASTELO PAIVA
5 Sentidos
04 JUN CURSO REIKI NÍVEL 1 – SHODEN
c/ Rui Moura
CASTELO PAIVA
5 Sentidos
10 JUN
12 JUN
RETIRO #ONESELF
c/ Catarina Castro e Rui Moura
BARCELOS
Seminário da Silva
01 JUL
03 JUL
CURSO SHINGON REIKI NÍVEL 1
c/ Mark Hosak
LISBOA
Centro Espiral

Informações e Inscrições

961 040 539 | ki@kinergia.pt | www.kinergia.pt

O tal canal

www.kinergia.pt ki@kinergia.pt 961040539 kinergia‬ ‪cura‬ ‪‎equilibra‬ ‪‎transforma‬ rui moura‬ ‪‎terapeuta‬ ‎formador‬ ‎coach‬ reiki‬ ‪‎shiatsu‬ ‪‎yoga tibetano‬ ‪‎coaching ‪‎terapia‬ ‪‎formação‬ ‪‎retiros‬ ‪‎empresas ‪‎lisboa‬ ‪‎carcavelos‬ ‪‎linda-a-velha‬ ‪‎matosinhos‬ dor‬ ‪‎lesões‬ ‪‎tratamento‬ ‪‎recuperação‬ ‪‎stress‬ ‪‎ansiedade‬ ‪‎insónia#‬ ‪‎depressão ‬‪‎orientação‬ ‪‎sentido‬ desenvolvimento pessoal energia resultados performance felicidade

Uma amiga desabafava hoje nas redes sociais que não foi feita para esta coisa do amor, talvez numa próxima vida. Os comentários não se fizeram esperar: o típico “O que é que se passa?”; o sempre presente “O que é o que malandro fez?”; e o famoso “Tem calma, vais ver que um dia aparece o tal.” O tal, o tal… só se for o tal canal!

Esta eterna busca do Tal, faz-me sorrir. Como se esse Tal, fosse uma espécie de Santo Graal que depois de encontrado, faz tudo ficar certo.

Procuram-se relações, ou melhor, parceiros para uma relação, como procuramos sapatos. Queremos que calce bem, que seja à nossa medida, não pode magoar, nem fazer bolhas. E o Tal é tudo menos isto. Ás vezes o sapato mais insuspeito, aquele que faz bolha e aperta, esse é o Tal. E para ele calçar bem tem de ser usado até ganhar a forma do pé.

Todos os dias me debato com esta procura nas minhas consultas. A dor que o Tal provoca e o que fazer com ela. Ele, que foi ideal no início, agora é torto mas ainda pode vir a ser perfeito.

Sim, não, talvez, bem-me-quer, mal-me-quer. Não se aguenta!

E a pergunta, como é que se pára a dor do Tal?… Não se pára! Abandonam-se as expectativas e tudo fica bem, afinal elas são nossas. Só o tempo é o grande terapeuta na procura e no esquecimento do Tal.

Tudo isto para dizer, que a procura incessante do Tal é uma falha gigante no amar o próprio eu. Não consegues estar contigo e a primeira pessoa que aparece com parte daquilo que tu gostas, é o eleito.

O que posso dizer dentro da minha humilde e modesta opinião é que encontrar o Tal é simplesmente o primeiro passo, de um lento e longo processo de descoberta mútua. Esta incongruência entre o que o outro é e o que eu gostava que fosse, é que provoca esta dor.

Não sei qual é a regra, se é que há regra. Só sei que tendemos a encontrar quando não procuramos. É um padrão, comigo foi assim, porque a ou o Tal cria um buraco que não existia antes. E é a partir desse “buraco” que se começa a construir, a moldar, num processo constante de ajuste e reajuste daquele match perfeito inicial, mas que não basta per si.

Conclusion:

  1. 1. Não existem formas feitas que encaixem sem ajuste em nós.
  2. 2. O Tal que vale a pena, dá muito trabalho!
  3. 3. O Tal aparece quando deixas de o procurar

RUI MOURA | terapeuta ● formador ● coach

Sou fundador e diretor do KINERGIA. A minha formação académica começa com Desporto, seguido de Gestão Comercial e posteriormente evoluiu para a área Terapêutica com o Reiki, Shiatsu, Medicina Chinesa, Coaching e Filosofia Budista. Sou um espiritual prático, cheio de defeitos e com a bênção de poder fazer aquilo amo… cuidar de pessoas, aliviar a dor e vê-las sorrir.


AGENDA KINERGIA

 

07 MAI
08 MAI
CURSO REIKI NÍVEL 2 – OKUDEN
c/ Rui Moura
MATOSINHOS
Yoga Project Porto
08 MAI PARTILHA DE REIKI
c/ Alunos de Reiki
MATOSINHOS
Yoga Project Porto
12 MAI REIKI A ARTE DE CONVIDAR A FELICIDADE
Palestra
LISBOA
Lisboa Racket Club
14 MAI CURSO REIKI NÍVEL 1 – SHODEN
c/ Rui Moura
SANTARÉM
21 MAI CURSO REIKI NÍVEL 1 – SHODEN
LISBOA
Lisboa Racket Club
10 JUN
12 JUN
RETIRO #ONESELF
c/ Catarina Castro e Rui Moura
BARCELOS
Seminário da Silva
01 JUL
03 JUL
CURSO SHINGON REIKI NÍVEL 1
c/ Mark Hosak
LISBOA
Centro Espiral

Informações e Inscrições

961 040 539 | ki@kinergia.pt | www.kinergia.pt

O que é o Reiki para mim?

www.kinergia.pt ki@kinergia.pt 961040539 kinergia‬ ‪cura‬ ‪‎equilibra‬ ‪‎transforma‬ rui moura‬ ‪‎terapeuta‬ ‎formador‬ ‎coach‬ reiki‬ ‪‎shiatsu‬ ‪‎yoga tibetano‬ ‪‎coaching ‪‎terapia‬ ‪‎formação‬ ‪‎retiros‬ ‪‎empresas ‪‎lisboa‬ ‪‎carcavelos‬ ‪‎linda-a-velha‬ ‪‎matosinhos‬ dor‬ ‪‎lesões‬ ‪‎tratamento‬ ‪‎recuperação‬ ‪‎stress‬ ‪‎ansiedade‬ ‪‎insónia‬ ‪‎depressão ‬‪‎orientação‬ ‪‎sentido‬ desenvolvimento pessoal energia resultados performance felicidade

Estou a escrever este texto, porque não consegui responder de forma objetiva à pergunta : O que é o Reiki para mim?

Tive de refletir e percebi, que ele já está tão dentro de mim que senti que precisava de por em palavras e relembrar tudo o que foi, e tudo o que é este método de trabalho com a energia universal e filosofia de vida.

É o Reiki que me equilibra, que me dá paz e ajuda a ajudar quem me procura. É o meu refúgio pessoal, do stress, da ansiedade, da preocupação, onde me encontro e recarrego as forças para continuar a viver de acordo com as minhas preferências e a fazer aquilo que tem de ser feito.

E depois de todo este tempo (12 anos), digo sem margem de duvida e humildemente, que não passei da porta de entrada daquilo que o Reiki tem para oferecer. Ainda é só o inicio desta viagem interminável.

Quando tive o meu primeiro contacto com o Reiki percebi que a realidade não era assim tão concreta e sólida. Senti a energia a manifestar-se em formas muito subtis e isso desafiou a minha crença do que era a realidade.

Ao continuar a brincar com a energia, na expectativa inocente de vir a dominar uma qualquer espécie de poder mágico, acabei por me ir conhecendo cada vez mais, e em níveis cada vez mais profundos e tão subtis como a própria energia que recentemente tinha aprendido a sentir.

O Reiki na minha prática diária, criou espaço para eu crescer para dentro, para conhecer o meu interior e perceber a estranha realidade que se esconde entre as coisas objetivas, concretas e sólidas da nossa vida.

Há 12 anos, o Reiki começou como curiosidade, depois fiz consultas e sessões, de seguida quis aprender, fiz todos os níveis e comecei a trabalhar como terapeuta. E num dado momento os meus pacientes obrigaram-me literalmente a dar o primeiro curso e desde aí nunca mais parei.

Achas que consegui responder?

www.kinergia.pt ki@kinergia.pt 961040539 kinergia‬ ‪cura‬ ‪‎equilibra‬ ‪‎transforma‬ rui moura‬ ‪‎terapeuta‬ ‎formador‬ ‎coach‬ reiki‬ ‪‎shiatsu‬ ‪‎yoga tibetano‬ ‪‎coaching ‪‎terapia‬ ‪‎formação‬ ‪‎retiros‬ ‪‎empresas ‪‎lisboa‬ ‪‎carcavelos‬ ‪‎linda-a-velha‬ ‪‎matosinhos‬ dor‬ ‪‎lesões‬ ‪‎tratamento‬ ‪‎recuperação‬ ‪‎stress‬ ‪‎ansiedade‬ ‪‎insónia‬ ‪‎depressão ‬‪‎orientação‬ ‪‎sentido‬ desenvolvimento pessoal energia resultados performance felicidade

Mais do que as palavras… o gesto.

kinergia‬ ‪cura‬ ‪‎equilibra‬ ‪‎transforma‬ rui moura‬ ‪‎terapeuta‬ ‎formador‬ ‎coach‬ reiki‬ ‪‎shiatsu‬ ‪‎yoga tibetano‬ ‪‎coaching ‪‎terapia‬ ‪‎formação‬ ‪‎retiros‬ ‪‎empresas ‪‎lisboa‬ ‪‎carcavelos‬ ‪‎linda-a-velha‬ ‪‎matosinhos‬ dor‬ ‪‎lesões‬ ‪‎tratamento‬ ‪‎recuperação‬ ‪‎stress‬ ‪‎ansiedade‬ ‪‎insónia‬ ‪‎depressão‬‪‎orientação‬ ‪‎sentido‬ desenvolvimento pessoal energia resultados performance felicidade

O meu pai conduziu para um homem durante 20 anos. Conduziu o homem e conduziu-lhe a família , até ele partir. Depois disso passou a conduzir para muita gente, todos os dias, dias seguidos no verão, às vezes meses e muitos sem folgas. São milhares de quilómetros, com milhares de passageiros. É um mestre da condução e conduzir é o seu dom.

Ao longo dos anos, desenvolveu a paciência e a atenção plena. O sorriso e a palavra sábia, foram crescendo com ele também. O rigor do horário que tem de ser cumprido, tornou-o no homem que nunca falha e que se funde com o autocarro sempre que entra nele.

Não fez cursos de meditação mindfulness, nem fez workshops de gestão de tempo, de motivação e de aprender a sorrir. Aprende todos os dias com os seus passageiros porque olha para eles e vê quem são e o que precisam. Num plano mais místico, acho que aprendeu a ouvir a estrada e ela canta-lhe uma música que só ele ouve.

Quando observamos alguém, mais importante que as palavras, é o seu discurso e a sua ação de vida. Os gestos das suas mãos são mais importantes do que as suas ideias. Não devemos medir a sua grandeza no falar ou no pensar, apenas no agir e no viver. E isto levo tempo, leva tempo a medir a grandeza de alguém, e nós temos pressa de julgar e por isso caímos nos erros das palavras.

É preciso ver e aprender. O mundo está cheio de pessoas fenomenais, verdadeiros sábios e santos que se escodem nos sítios mais óbvios e nas aparências mais comuns: o porteiro, a senhora da limpeza, o velhinho do parque, o nosso pai ou mãe. Eles ouvem-nos, dão conselhos e rezam por nós porque nos vêm com os olhos da compaixão.

São felizes com o que fazem e com o que têm. Desempenham o seu papel, um papel que serve ao mundo e trabalham com o coração. Têm um dom, que pode ser sorrir ou nunca chegar tarde, e esse dom está ao serviço do mundo.

Há tanta sabedoria à tua volta que tu nem imaginas. A próxima vez que saíres à rua, olha com olhos de ver, e vais descobrir algo. Algo, que te vai alegrar e ensinar alguma coisa. Desafio-te a procurar essa “alguma coisa”. Tu vais saber quando a encontraste, a coisa que sempre esteve à tua frente. Prometo!

E os teus dons? Quais são? O que que é que fazes bem e que pode servir ao mundo? E se pusesses o teu dom ao serviço do papel que desempenhas? Isso era fenomenal. Talvez eu pudesse aprender contigo ou inspirasses alguém que olhasse para ti nesse momento. Porque nesse momento, essa pessoa vai encontrar alguém a trabalhar em paz e com o coração. E isso é transformador!

Eu sou terapeuta, as minhas mãos são o meu dom, os meus pacientes são os meus professores. E tu? Qual é o teu papel? Qual é o teu dom? Quem é que te ensina?

RUI MOURA | terapeuta ● formador ● coach

Sou fundador e diretor do KINERGIA. A minha formação académica começa com Desporto, seguido de Gestão Comercial e posteriormente evoluiu para a área Terapêutica com o Reiki, Shiatsu, Medicina Chinesa, Coaching e Filosofia Budista. Sou um espiritual prático, cheio de defeitos e com a bênção de poder fazer aquilo amo… cuidar de pessoas, aliviar a dor e vê-las sorrir.

A noite escura da alma

Regra geral o que sabemos de nós é a opinião dos outros sobre a nossa pessoa. Se alguém diz que somos maus, sentimo-nos maus, se alguém diz que estamos doentes, sentimo-nos doentes. Só nos sentimos belos ou bons, quando alguém expressa essa opinião sobre nós mesmos.

Ficamos tão dependentes da opinião do outro que se cria uma espécie de escravatura subtil em que nos vamos enredando cada vez mais. Escravatura essa, que é autoimposta e nos vai retirando cada vez mais a liberdade de ser. As nossas opções naturais e espontâneas são cada vez menos exercidas e todas as nossas escolhas tem de ser validadas exteriormente.

Cometes um suicídio lento e agonizante da tua alma cada vez que entregas o teu poder pessoal ao outro, à sua opinião, à sua validação. E o mais engraçado de todo este processo é que lentamente vais adormecendo para a tua não necessidade de validares externamente cada vestido, cada sapato, cabelo, estilo de vida, opção sexual e alimentar, ação, palavra ou pensamento.

Somos animais presos pela trela da opinião alheia!

Mas isto é apenas o principio do pesadelo. Cada pessoa com entras em contacto, cada noticia ou anúncio que lês, cada post no facebook, introduz uma ideia na tua cabeça. Olha a ironia, eu estou a fazê-lo neste momento!

Como há muitas pessoas e todas a expressar a sua opinião sobre ti, estás constantemente a alimentar a tua mente com opiniões diferentes sobre a tua pessoa.

Daí a grande confusão que existe dentro de ti. Se alguém diz que és inteligente e outra diz que és estúpida como é que resolves este paradoxo? Como decidir quem tem razão? Ficas dividida, com dúvidas sobre quem és!

Ninguém te conhece, nem tu mesmo te conheces, verdadeiramente. É toda uma coleção de informações e opiniões que se amontoa dentro de ti. Cada vez que perguntas quem és, surgem muitas respostas. Algumas são do pai, outras são da mãe, do professor, do guru, do amigo e assim sucessivamente.

Como decidir qual é a resposta certa? Qual é o critério válido?

É de enlouquecer e é aqui que o ser humano se perde. Nunca poderemos chegar ao verdadeiro conhecimento de nós próprios rodeados de pessoas, temos de nos isolar para chegar ao nosso eu mais profundo. Mas como estamos dependentes dos outros, fazemos constantemente concessões às pessoas de quem estamos dependentes.

Como estamos dependentes temos de medo de viajar para o nosso interior. Sentimo-nos perdidos porque a nossa bussola é externa e qualquer opinião que seja formada a partir dos outros tem de ficar para trás e é isso que torna a nossa viagem interna assustadora.

Quanto mais profundo no nosso ser, menos sabemos quem somos. É por isso que todas as ideias preconcebidas que temos de nós próprios têm de ficar para trás.

Ficamos completamente perdidos numa espécie de Não-Identidade, porque tudo o que conhecemos deixa de ser importante e aquilo que é, ainda não foi revelado.

É a este estado que os místicos chamam de Noite Escura da Alma. Temos de passar por ela para chegar à nossa essência. Pois é certo que a noite acabará e quando chegar o amanhecer, os primeiros raios de sol, tudo fará sentido. Para nos encontramos, temos primeiro de nos perder sem bússola, sem mapa, para lá de onde os nossos olhos alcançam.

Tenham coragem com a certeza de um amanhecer feliz!

RUI MOURA | terapeuta ● formador ● coach

Sou fundador e diretor do KINERGIA. A minha formação académica começa com Desporto, seguido de Gestão Comercial e posteriormente evoluiu para a área Terapêutica com o Reiki, Shiatsu, Medicina Chinesa, Coaching e Filosofia Budista. Sou um espiritual prático, cheio de defeitos e com a bênção de poder fazer aquilo amo… cuidar de pessoas, aliviar a dor e vê-las sorrir.

CINCO ATITUDES PARA TER MAIS ENERGIA

kinergia • reiki • shiatsu • yoga tibetano • coaching • oneself • terapeuta • formador • consultas • workshops • cursos • palestras • retiros •lisboa • porto • stress • ansiedade • depressão • insónia • dor emocional • dor física • alivio da dor • tratamento de lesões • informações e marcações • ki@kinergia.pt • 961040539

Incorporar hábitos saudáveis e prazerosos no seu dia é a maneira mais inteligente de curtir cada minuto com mais energia e alegria, aumentando sua qualidade de vida. Noites bem dormidas, alimentação equilibrada e atividade física são bons exemplos para manter uma vida cheia de vigor. Veja estas 5 dicas para maximizar a sua energia:

1-Tenha uma boa noite

Durante o sono, produzimos o hormônio do crescimento, cuja carência deixa o corpo sem ânimo e a memória fraca. Por isso, uma boa noite de sono é fundamental para ter energia durante o dia. Se você tem dificuldade para dormir, embale seus sonhos em um ambiente calmo, com temperatura amena e pouca luz.

2-Fracione suas refeições

Adotar seis refeições diárias faz com que o corpo trabalhe em ordem e mantenha o metabolismo no mesmo ritmo. Por outro lado, ficar por mais de três horas sem se alimentar provoca a queda da taxa de açúcar no sangue, o que causa tonturas, cansaço e desânimo. Para evitar o problema, faça lanches entre as refeições principais, comendo frutas e iogurtes.

3- Pense positivo

Remoer um problema cansa mais do que um dia inteiro de trabalho. Afinal, quando nos entregamos a um pensamento negativo, canalizamos toda nossa energia em busca de uma solução. Nessa hora, pare e pense: “Esse problema realmente existe? É tão grave assim?” Um bom exercício para evitar o desgaste com ideias ruins é aprender a pensar positivamente. Escolha três afirmações de alto-astral e repita-as sempre que se sentir desanimada e triste. Uma boa dica é praticar meditação. Ela ajuda a relaxar profundamente e traz clareza para compreender os fatos da vida. Com isso, temos tranquilidade para tomar as decisões no dia a dia, além de evitar o estresse e a ansiedade que roubam a nossa energia.

4-Mexa-se

Exercício não desgasta, pelo contrário: promove saúde e vitalidade. Isso porque ao trabalharmos os músculos aceleramos o ritmo do coração, da respiração, do metabolismo, enfim, todo o corpo entra em ação. Os benefícios? Melhora no humor e muito mais disposição.

5-Trace metas

Comemorar uma vitória é bom, mas antes de erguer os braços é preciso traçar metas. Invista nos seus sonhos e pratique sempre o melhor.

Fonte: Sadia

Se você não sabe o que fazer com sua vida, leia isto

kinergia • reiki • shiatsu • yoga tibetano • coaching • oneself • terapeuta • formador • consultas • workshops • cursos • palestras • retiros •lisboa • porto • stress • ansiedade • depressão • insónia • dor emocional • dor física • alivio da dor • tratamento de lesões • informações e marcações • ki@kinergia.pt • 961040539

A vida obriga-nos constantemente a reavaliar as nossas opções e a por em causa as nossas crenças se queremos obter algum resultado prático das nossas acções. As certezas passam a incertezas em menos de nada, o nosso GPS avaria e ficamos perdidos e sem rumo.

Não existe nada de errado connosco, apenas temos de admitir que não sabemos tudo. Para ajudar a voltar ao caminho, veja essas dicas preciosas que se postas em prática vão ser muito úteis no nosso crescimento e na distinção do que está ao alcance do nosso esforço e do que nos virá ter à mão pela mão do universo.

Lembre-se que você não tem como adivinhar o futuro, entretanto, tudo que você aprende no presente faz parte de sua bagagem

A vida é cheia de reviravoltas. Talvez hoje você goste de fazer jóias e descubra que pode vendê-las. Em cinco anos  você pode ser um designer de jóias de sucesso ou pode simplesmente descobrir que, devido a seu gosto estético e habilidades manuais pode ser uma excelente arquiteta ou decoradora de interiores. Não importa o quão simples e singelo é o que você faz, toda experiência te aprimora como ser humano e te leva para etapas superiores. O segredo é ter a humildade para aprender, a flexibilidade para se adaptar a novas situações e a criatividade de aproveitar sua história anterior para seguir ou, pelo contrário, para saber  exatamente o que você não quer mais fazer.

Tente ser confortável com o desconforto.

Nossa vida pode ser muito desconfortável. Às vezes não temos dinheiro suficiente para fazer todas as coisas que queremos ou mesmo que precisamos fazer. Aliás, o fato de não termos é justamente o que nos motiva a lutar para continuar. Quanto nosso sonho está vinculado a um projeto pessoal, necessitaremos de muito tempo, dedicação, sacrifícios e economia para que os objetivos sejam alcançados. Entretanto, provavelmente será essa experiência adquirida no percurso a única capaz de fazer com que sejamos capazes de sustentar nosso próprio negócio. Ou você nunca parou para se perguntar por que os herdeiros destroem os patrimônios tão facilmente? Exato, porque não foram eles que construíram.

A vida é incerta. Siga com ela.

Coisas acontecem o tempo todo e, por mais que você não queira pensar sobre isso, tudo pode mudar brusca e inesperadamente. Seja pela morte de alguém, seja pela perda de um emprego estável quando você já tem uma idade mais avançada, seja por causa de um desastre da natureza ou grave acidente. Você simplesmente não tem a certeza que acha que tem sobre o seu futuro. E aí eu te digo, para lidar com mudanças tão sofridas e radicais, não seria mais fácil se você tivesse trilhado uma vida onde já se mudou e já se adaptou em diversas outras ocasiões? Uma demissão ou transferência de cidade, ao contrário do que se pensa, pode ser uma grande benção em sua vida! Siga e aprenda com as mudanças que a vida impõe!

Supere as distrações

Você não está ficando mais jovem. Desculpe, mas é verdade. Se você não começar a se organizar para perseguir seus sonhos, você pode acabar no final de sua vida, sem nada nem para se arrepender. Se você pensa seriamente sobre a busca de um sonho, dê os primeiros passos. Desligue suas notificações do Facebook e comece a trabalhar. Você não vai chegar a lugar nenhum apenas pensando sobre o quão grande você poderia ser.

Tenha seu próprio tempo

Tire algum tempo para si mesmo. Reflita e saiba mais sobre si mesmo. Medite. Não gosta de ficar quieto? Saia para caminhar sozinho e pense enquanto anda. Anote as coisas que lhe interessam e as coisas que você poderia fazer mesmo se não precisasse ganhar por isso. É disso que você gosta! Sonhe grande. Acalme a sua mente e realmente imagina-se fazendo essas coisas.

Seja voluntário, ajude alguém que não você mesmo e aprenda algo novo

Todos os sonhos do mundo não vão ajudá-lo se você não arregaçar as mangas e sujar as mãos. Às vezes, nós pensamos que queremos fazer alguma coisa e, em seguida, uma vez que experimentamos, percebemos que aquilo pode não ser o tipo de trabalho que gostamos. Também pode acontecer exatamente o contrário e, após experimentar uma atividade que achamos que nunca gostaríamos, descobrimos que aquilo pode ser muito interessante. Aprender dá um prazer que, se não for colocado em prática, pode ser esquecido. Ajudar alguém a fazer algo promove uma realização pessoal que muitos nem conhecem.

Esbanje sonhos, mas não se esqueça de suas metas

Eu sei que você sabe que o dinheiro não cai do céu e também precisa de dinheiro agora. Muitas vezes, fazer algo que não é nosso ideal pode ser só um degrau no caminho de nosso sonho. A diferença é a seguinte, você pode passar a vida fazendo algo que não gosta se não se organizar para poder seguir com suas metas. É por isso que traçar objetivos e etapas é tão importante. Nada é tão ruim se soubermos que aquilo é só uma etapa de um caminho que traçamos e estamos lutando para construir.

Atenda a porta.

A oportunidade pode estar batendo, mas se você não atender a porta, como você pode tirar proveito dela? Você deve aproveitar as oportunidades quando elas são apresentadas a você. Nem sempre as oportunidade virão no momento certo, mas não importa.  Lembre-se da sua felicidade.

Feche esse computador e vá buscar sua vida.

Fonte: http://www.contioutra.com/

Vidas…

 

kinergia • reiki • shiatsu • yoga tibetano • coaching • oneself • terapeuta • formador • consultas • workshops • cursos • palestras • retiros •lisboa • porto • stress • ansiedade • depressão • insónia • dor emocional • dor física • alivio da dor • tratamento de lesões • informações e marcações • ki@kinergia.pt • 961040539

Vidas de hoje, vidas de ontem, enfim… Vidas. Desde que nascemos até ao nosso ultimo suspiro, passamos de forma constante por provas, testes. Na nossa vida surgem e surgiram constantemente obstáculos de forma a por as nossas capacidades a prova. Passaremos por momentos de alegria, de felicidade, de paz, de guerra, de tristeza, de solidão, de fome… Enfim um sem número de situações.

No entanto nunca nos passa pela mente a razão destas coisas ou o objetivo delas. Estarão pré definidas? Possuem algum tipo de utilidade? 

O ser humano adapta-se e muitas vezes resigna-se ao que têm não desejando ter mais e muitas vezes não questionando as razões pelas quais as coisas acontecem de uma determinada maneira em detrimento de outras e isso leva ao conformismo e a falta de ambição, a falta de estímulo e de motivação.

Passamos por diversas experiências nesta vida e elas deveriam servir para nos ensinar a usar o pensamento, a analisar o porque de as coisas acontecerem e a questionar se essa ação seria ou não correta e o que poderia ser feito para melhorar. Mas isso nem sempre acontece. A preguiça de inúmeras pessoas leva a aceitar a sua situação sem aprender, sem questionar… sem ambicionar e isto muitas vezes por preferirem o comodismo e não se quererem dar o trabalho de fazer algo para alcançar algo melhor.

Somos todos personagens de uma imensa obra ou peça teatral e existem inúmeras personagens, inúmeros cenários nesta “vida”. Depende de nós tornar tudo melhor e querer sempre o melhor para nós e para os nossos.

Afinal se a vida é tão curta… para que viver sem felicidade, sem alegria, sem amor, sem todas as coisas positivas que esta “vida” nos pode dar. Viver em conflito, em guerra, em intriga, em disputa apenas serve para tornar a nossa passagem por esta “vida” mais difícil e amarga, mais triste e penosa. Pensem em todos os que já partiram e não tiveram a possibilidade de “ver o mar”, “viajar”, “andar de carro”, “ir a escola”, e que viveram fechados sem um futuro próximo e sem ambição para desejar algo simples e ao seu alcance.

Sem morte não há vida… Mas sem vida… não há certamente morte.

Fonte: Miguel Perez

http://ocirculoquadrado.blogspot.pt/